Eventos

Fondation Louis Vuitton: Nova exposição

A exposição homenageia um dos maiores mecenas de arte do início do século XX, Sergei Shchukin – o visionário coleccionador russo de arte moderna francesa – e constitui um dos eventos mais relevantes do ano do turismo cultural França-Rússia 2016-2017.

20 05Desde o fim do século XIX, Sergei Shchukin, o líder industrial de Moscovo, começou a integrar-se no panorama artístico parisiense da época encarregue de defender os movimentos impressionistas, pós-impressionistas e modernos. Shchukin forjou relações com negociantes de arte moderna como Paul Durand-Ruel, Berthe Weill, Ambroise Vollard, Georges Bernheim e Daniel-Henry Kahnweiler e celebrou artistas como Monet e Matisse. Estas amizades influenciaram fortemente a formação da sua colecção, que permanece uma das colecções de arte mais radicais do seu tempo.

04 03Graças à generosa contribuição do Museu Hermitage e do Museu Pushkin, que participaram na criação deste projecto, a exposição apresentará um conjunto de 130 importantes obras dos mestres impressionistas, pós-impressionistas, e modernos da colecção Shchukin. Será dado particular ênfase à arte de Monet, Cézanne, Gauguin, Rousseau, Derain, Matisse e Picasso, em conjunto com obras de Degas, Renoir, Toulouse-Lautrec e Van Gogh.

+ infos

22 de Outubro 2016 – 20 de Fevereiro 2017, Paris

Ler mais > Visitar Site

Turista Acidental

Turista Acidental

Antes de escrever e fotografar, a minha alma nómada já me fazia andar de um lado para outro. Fui cigana, por eles “adoptada”, e com eles andei entre 1982 e 86. Destas andanças resultou o livro “Filhos da Estrada e do Vento”, uma recolha de contos, ouvidos em muitos serões à roda da fogueira, e um documentário para a televisão, uma série de 4 episódios sobre a vida e costumes deste povo. Seguiu-se uma curta carreira de arqueóloga. O meu sonho, na altura, era ser Egiptóloga… mas não passei das planícies alentejanas e do norte de Itália.
Em 1992 comecei a escrever e fotografar sobre viagense colaborei com várias revistas como a Máxima, Grande Reportagem, Fortuna, Volta ao Mundo, Activa, Exame, Viagens, etc. Na Visão iniciei a secção das Viagens da revista. Em 95 lancei a “Rotas e Destinos”, como editora. Em 2000 resolvi lançar as minhas próprias revistas,“B de Brasil”,exclusivamente sobre o Brasil e a HS- Hotéis de Sonho.
Em 2009 deixei as edições em papel e comecei a dedicar-me ao online com a criação da turistacidental.com,onde dou dicas das coisas boas que há pelo mundo fora.
Turista Acidental
Fondation Louis Vuitton: Nova exposição

The Latest

To Top